Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

SÁBADO DE MANHÃ.

Tudo começou num sábado. Eu acabara de acordar e estava sentado na cama, tinha acordado um pouco excitado. Foi quando escutei uma voz no portão da minha casa, perguntando por mim.rn- Ele está aí? - Disse ela.rn-Sim - Respondeu minha mãe - Está no quarto, dormindo.rn-Posso subir?rn-Sim. Já está tarde. Acorde-o para mim, por favor.rnrnQuando percebi que ela vinha, me deitei novamente, e esperei. Comecei a pensar qual seria a reação dela ao ver meus 19 cm de pau duro.rnrnQuando ela chegou, não percebeu de nada. Mas aí, ela sentou na cama, e colocou a mão, levemente, sobre minha coxa. Eu me contorci um pouco para que meu pênis encostasse-se à mão dela. rnrnDepois senti aquela mão macia sobre o meu pau devagar. Depois ela colocou um dar mãos embaixo do lençol. Abri o olho de leve e ela estava com uma cara, parecia meio preocupada. Então ela olhou para a porta do meu quarto, e foi fecha-lá. Levantei-me o mais silenciosamente possível, e quando ela trancou a porta, coloquei uma das minhas mãos na boca dela e a outra bem fundo, dentro da calcinha.rnrnEla se contorceu do susto, mas permaneceu parada. Então, eu comecei a brincar com a xoxota dela. Mexendo lentamente em seu clítoris e me deliciando com os suspiros abafados por minha mão estar na boca dela. rnrnComecei a beijar aquele pescocinho lindo e a arrastar devagar o meu pênis, primeiro entre as pernas, depois naquela bundinha perfeita e logo depois nas costas dela, enquanto descia minha mão mais fundo, até conseguir encostar um dos dedos no cuzinho apertadinho dela.rn-Safada - Eu disse baixinho. - O que você iria fazer depois de trancar a porta? - E enfiei a língua, bem fundo, naquela orelha linda.rn-Não sei - Disse ela com um risinho malicioso.rnrnEntão, levantei ela, com a mão que estava dentro da calcinha, e coloquei-a na cama, puxei o short junto com a calcinha e depois desabotoei a blusa dela. Ela levantou-se e me empurrou sobre a cama, baixou o resto a meu pijama. Eu a abracei e coloquei-a novamente na cama.rnrnComecei a lamber aquela xoxota bem forte eme deliciar com os gemidos dela, e quando ela se deitou na cama, consegui ver aquele cuzinho bem fechado. Enfiei minha língua bem forte e a garota deu um pulo.rn-Não. Aí não! - Disse ela.rn-Sá uma lambidinha - Eu disse rindo.rnrnLevantei. Abri as pernas dela com força.rn-Agora você é minha, sua vadia.rnEla riu.rnrnColoquei meu pau dentro da xoxota dela, que ficou bastante molhadinho depois que eu passei quase 19 minutos lambendo e excitando o seu clítoris com a língua e os dedos.rnrnEla voltou a gemer baixinho, e isso me deixava ainda mais excitado. Começamos devagar, mas aos poucos ela mesma ajustou a velocidade que ela achou melhor.rn-Ahhh... Assim... Vai... Seu pau parece que está crescendo dentro da minha boceta... Vai... Vai...rnrnCom uma das mãos livre, enfiei meu dedo dentro daquele cuzinho e comecei a lamber e chupar os bicos dos seios dela.rn-Assim... Vai... Ohhh... Você vai me deixar louca... Continua... Ohhh.... Eu estou quase gozando.- Disse ela.rn-Eu também já estou gozando. - Eu disse.rn-Vai.rn-Ohhh...rnrnDepois de gozarmos, continuei com o pau dentro. abracei-a e deitei-a sobre mim. Ficamos assim por unas 5 ou 19 minutos. Depois, entrei no banheiro para tomar banho e deixei-a sobre a cama. Logo ela me acompanhou e quando ela se virou para fechar a porta do banheiro, agarrei-a bem rápido e comecei a brincar com ela lá dentro. Abraçando-a pela frente, segurei as suas mãos e comecei a enfiar novamente o meu dedo dentro do cuzinho dela. Depois que soltei seus braços ela começou me masturbar e nos sentamos no chão do banheiro. Sentei ela na minha perna e continuamos brincando por mais uns 20 minutos. Quando coloquei meu dedo no clítoris dela por uns 5 minutos ela começou a se tremer e ter um orgasmo. Ela mijou o banheiro inteiro, e quando terminou ficou se tremendo e gemendo. Depois ficamos mais 5 ou 19 minutos abraçados no banheiro, embaixo do chuveiro ligado.rnrnEspero que tenham gostado. Trarei mais experiência ao longo do tempo. Deixem comentários.

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS