Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

TIO SAFADO

Bom esse fato ocorreu em no fim do ano passado.rnrnMeu nome é Roberto! Não sou um cara de cuidar muito do corpo, me encontro um pouco acima do peso, mas prefiro assim, me sinto melhor assim, ainda não me atrapalha em absolutamente nada!rnrnSou casado já a 6 anos, mas meu casamento é um lixo, as vezes imploro por sexo, pois, minha esposa é devagar e quando faz, seria melhor que não o fizesse.rnrnSou fotografo profissional e sempre faço eventos e alguns trabalhos para jornais e revistas.rnrnSempre olhei de uma forma diferente para alguns caras, mas nunca tive a coragem de chegar até os finalmentes como mente assim arquiteta.rnrnAs vezes quando estou sozinho em meu atelier me sinto ardendo em chamas, fico completamente louco de tesão, louco ao ponto de sentir meu rabo piscando de tanto de tesão!rnrnQuase todos os dias e horários me sinto dessa forma mas a noite o tesão fica a flor da pele, então o que vejo pela frente enfio no rabo para me aliviar e fico cada vez mais louco.rnrnConheci um cara pelo chat, e iniciamos uma amizade, todos os dias a noite conversávamos por horas pelo messenger, até que um dia comecei a fazer showzinhos para ele, claro! sempre sem mostrar o meu rosto, não gosto de tal exibição ainda mais on-line.rnrnComprei calcinhas da cor preferida dele, e por estar um pouquinho acima do peso, tenho um bumbum razoavelmente GG e ele assim o dizia que adorava, sempre procurei depilar o bumbum para ficar o mais gostoso possível para ele.rnrnNunca estive com outro homem, mas um dia eu estava no atelier lá pelas 23:00 e ele entrou no chat, iniciamos então nossa conversa como de sempre, sá aquele dia eu estava ardendo em chamas, o tesão brotava pelos poros de minha pele, foi quando ele me disse que que queria estar comigo.rnrnImediatamente em um ato nada seguro, porém, tomado pelo prazer passei o endereço de meu atelier para ele que fica no centro de minha cidade e disse que quando chegasse na porta do prédio poderia me ligar que abriria a porta para ele, rápidamente ele ficou off-line, não botei fé naquela situação, mas para minha surpresa em 40 minutos meu telefone tocou e era ele.rnrnDesci rapidamente para abrir a porta, e lá estava aquele negro majestoso, enorme, com braços fortes, peitoral gigante e coxas maravilhosas. Estava de camiseta cavada e um short desses de joga futebol.rnrnColoquei ele pra dentro e de cara ja fui acariciado na bunda, nossa que mãos, que pegada forte! Estava subindo as escadas e conversando baixinho, quando ele passou na minha frente e parou alguns degraus acima.rnrnFiquei parado olhando aquilo tudo, foi quando vi aquele pau delicioso saindo pela perna do shorts, não me aguantei e tirei aquele mastro para fora, nunca havia segurado o membro de outro homem e muito menos daquele tamanho e grossura nem mesmo o meu!rnrnNão me aguentei e começei a mamar naquele gigante, nossa que delicia, escrevendo ainda consigo sentir gosto de macho, ele se sentou em um degrau e ali mesmo me ajoelhei e fiquei me deliciando, matando minha fome.rnrnComo eramos os unicos naquele predio, não perdi tempo e ja fiquei peladinho, ele também tirou toda a roupa, ficamos nús completamente, e continuei a mamar, sentia cada veia daquele pau tomando forma em minha boca, senti cada pulso de endurecimento em minha boca, foi quando ele se levantou.rnrnMe pegou carinhosamente me beijou, me colocou de 4 e disse: - É hoje que tu vai perder o cabacinho desse rabo gostoso! Confesso que tremi, pois, aquele pau era grande e grosso demais.rnrnMas ele era tão carinhoso que veio preparado, pegou no bolso do shorts, uma bisnaga de KY, lambuzou bem o pau e meu rabinho, ficou por horas com os dedinhos ali enfiando e tirando e eu enlouquecendo! Ai me disse para ficar em outra posição que de inicio iria doer menos, um profissional na arte de comer um rabo.rnrnPois bem! Ali fiquei do jeitinho que ele me colocou, então ele colocou a cabeça daquele mastro na portinha do meu rabo e foi devagar empurrando... affff aquele parecia que estava me rasgando me dividindo ao meio, quando entrou tudo ali ele deixou por alguns minutinhos enquanto apertava meus peitinhos.rnrnEu estava completamente sedado e tomado por dor! Quando ele puxou e colocou novamente pensei que ia morrer ali mesmo, na quarta bombada já não sentia tanta dor, ai começei a gostar mais!rnrnQuando me vi ja estava colocando ele sentado na escada e eu segurando no corri mão enquanto cavalgava naquele mastro.rnrnNossa como eu pulava naquela rola! que delicia sentir ela entrar todinha e bater la no fundo, metemos de todos os jeitos e formas possiveis até que ele me disse que iria gozar, então me levantei tirei a camisinha e engoli aquela rola negra cheia de veias e começei a chupala com intensidade, foi quando senti o primeiro jato no fundo da minha garganta, nossa que delicia! Era tanta porra que me engasguei, mas não quis perder uma gota se quer! Engoli todo aquele migau, pois, de ralinha aquela porra não tinha nada.rnrnJa faz alguns meses que não nos falamos e nem nos vemos! Estou com saudade daquele negro gostoso e roludo.

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS