Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

PEGA EM SITUAÇÃO CONSTRANGEDORA

A Rafa tem 19 anos. Deliciosa! Tem aproximadamente 1,70m magrinha, loira com olhos azuis, corpinho definido pela pouca idade e muita malhação, peitinhos e bunda na medida certa.. .nem grandes e nem pequenos e bem durinhos e uma boca q sá de ver o pau fica duro querendo ser chupado! Ela é a irma mais nova da esposa de meu irmão e veio morar na casa deles temporariamente para estudar aqui na região. Ela é toda metidinha, a achei ate um pouco sem educação. Meu irmão havia me falado q ela não era de sair de casa e que era totalmente fiel ao namorado que ficou morando em Curitiba onde a família delas vive.rnHa alguns dias meu irmão e sua esposa foram viajar a passeio e meu irmão me deixou as chaves da casa para cuidar para ele pois a Rafa provavelmente passaria o fim de semana fora. No sábado por volta das 6 da tarde resolvi passar na casa para acender as luzes e fazer um movimento encostei o carro na frente e fui entrando na casa e ouvi uns gemidos na casa... corri para os quartos achando q nao tinha ninguem e q talvez tivesse ficado alguma coisa ligada... quando chegou no quarto do meu irmao encontro Rafa na frente do notebook com a cam ligada (o note liga na tela de 42 pol. do quarto) e ela estava toda peladinha com um pepino enfiado na buceta e se exibindo on-line para uma outra mulher!rnQuando ela me viu ela pulou da cama tentando se esconder e tb tentando desligar o computador desesperada. Eu parei na porta e dei risada... falei ironicamente que agora entendia o porque ela gostava de ficar em casa... e perguntei se ela nao devia ter ido pra casa dela em curitiba. ela pediu que eu pegasse uma toalha pra ela e eu fui e peguei e qdo fui entregar a toalhar eu peguei o pepino q ela estava enfiando e dei uma mordidinha falando q estava deliciosamente temperado. Ela comecou a me xingar entao eu pedi q ela se acalmasse pra gente conversar. Entao mais calma me explicou q tinha perdido o onibus e entao desistiu de ir pra curitiba e que aquela mulher da cam é uma conhecida da facul q é lesbica e que ofereceu 1000 reais para elas transarem mas que ela nao tinha aceito mas que aceitou 200 para fazer aquilo na web pois estava precisando de grana mas nao gosta de mulheres. e que usou o quarto da irma por causa da televisão ligada ao notebook. Então pediu que eu não contasse nada para ninguém que ela ficaria me devendo uma se eu ficasse de boca fechada... eu aproveitando a oportunidade falei que ficaria de boca fechada sim mas queria pagamento adiantado. Ela entendendo o que eu queria fechou a cara e disse q não era qualquer uma e foi ficando brava então eu falei pra ela que eu so queria q ela fizesse aquele showzinho pra mim ao vivo... ela ficou vermelha disse que nao conseguiria por vergonha. Entao eu falei para ela que queria tomar um banho com ela... e nao faria nada q ela nao quisesse no banho, mas queria um beijo bem gostoso durante o banho e ela topou. Entramos no banho e ela tentando se esconder com as maos e morrendo de vergonha... entao eu a puxei pra mim e comecei a beija-la e ela foi se soltando um pouquinho... meu pau estava duro como rocha tomando banho com aquela delicia e dei um jeito de encaixa-lo no meio de suas pernas e no beijo comecei a esfregar lentamente meu pau em sua bucetinha e ela comecou a gemer baixinho e pedir pra eu parar... como ela nao tomou iniciativa de parar e nao parava o beijo e foi ficando ofegante vi que ela ja estava entregue e fui descendo beijando seu pescoco e acariciando um seio e fui beijando ate que cai de boca naqueles deliciosos seios e entao ela se entregou... quando chupei seus seios ela ficou doida... e ja colocou a mao em meu pau e comecou a me masturbar e esfregar o pau na bucetinha e voltei a beija-la e a acariciar os seios entao desci minha mao e comecei a tocar uma siririca pra ela e colocar meus dedos dentro da bucetinha entao ela abaixou e abocanhou meu pau! Fui ao delirio com aquela ninfetinha sugando meu pau embaixo do chuveiro... e ela foi chupando e masturbando e se esfregando no meu pau ate que senti que ia gozar numa chupada mais forte que ela deu e nao falei nada e mandei um primeiro jato de porra em sua boca. Ela tirou o pau e continuou masturbando e eu fui gozando em sua cara e peitos. Ela deu uma ultima chupadinha com o pau ja limpo pela agua levantou me deu um beijo bem quente e molhado e falou no meu ouvido, vc nao queria me fuder?! entao vem... mas vem preparado que eu quero fuder muito!!! saimos do banho e fomos para o quarto e a deitei e cai de boca em sua bucetinha... ela parecia que ia morrer de tanto que gritava de tesao enquanto eu chupava... ela grita que amava ser chupada... que eu tinha uma lingua deliciosa... e mandava eu chupar mais e mais me chingando de tudo quanto era nome... entoa eu coloquei meu pau em sua boca e fizemos um 69 e ela me chupava ainda mais gostoso enquanto era chupada... tinha horas q achava q ia arrancar meu pau com a boca de tanta forca que chupava... e eu amo ser chupado assim forte. Peguei aquele pepino q ainda estava na cama e fui enfiando nela e massageando o clitoris com a lingua e ela se contorcia ... de vez enquando eu descia lambendo ate seu cuzinho dava uma atencao especial la e voltava pro clitoris. Quando eu comecei a sugar levemente o grelinho com o pepino na buceta ela gozou forte e enquanto ela gozava ela enfiou 2 dedos no cuzinho... eu quase gozei so de ver... e aproveitei o momento e tirei os dedos dela e direcionei meu pau no cu... fui forcando e ele foi deslizando ela comecou a gritar "fode meu cu... me mata de tesao filho da puta! enraba essa putinha enquanto tenho minha buceta arregacada por esse pepino! fode desgracado... acaba comigo nessa dp... arregaca meu rabo... me come ... me come... eu to gozando sem parar seu tarado sem vergonha ... sou sua puta desgracado!!!" nao aguentei por muito tempo e gozei forte naquele rabo gostoso!!!! e desmontei em cima dela q estava na posicao de frango assado... ela entao tirou o pepino da bucetinha deu uma lambida olhando pra mim e me ofereceu pra morder... deu uma mordida naquela delicia com gosto de gozo... e fui para o banheiro... ela ainda ficou no quarto... tomei um banho rapido, lavei meu pau e voltei pra cama... precisava de um descanso depois de 2 gozadas... mas ela queria mais e assim q eu deitei ela ja veio me chupando... e fez meu pau subir novamente rapidinho... entao ela sentou no meu pau comigo deitado comecou a rebolar devagarzinho abaixou colando os seios no meu peito e comecou a falar no meu ouvido que tinha adorado me dar o cu... que meu pau era delicioso... que era grande e grosso como ela gosta... que nao poderia sentar por uns dias pq eu tinha arregacado o cuzinho dela... e entao pediu q eu a fodesse de 4... qdo ela falou isso dei um tapinha em seu rosto a coloquei de 4... enterrei meu pau... a segurei pelos cabelos e fui metendo e enchendo aquela bunda de tapas... ela pegou o pepino novamente e ficava brincando no cuzinho porem sem penetrar enquanto eu a fodia na bucetinha ... ela comecou a gozar novamente e pediu q eu parasse de bombar q ela queria rebolar no meu pau para curtir o gozo... aproveitando o gozo eu peguei em sua mao que ainda brincava com o pepino no cuzinho e forcei para entrar o pepino... e com a outra mao fui massageando o clitoris... ela gemia muito de tesao e falava q nunca tinha gozado tao gostoso... e mandava nao parar... entao ela mesma tirou minha mao do pepino e ficava enviando o pepino no cuzinho... rebolando no meu pau e eu a masturbando com a mao... e dando uns tapinhas na bunda... ate q nao aguentei e gozei enchendo sua bucetinha de porra... ela saiu do meu pau e ainda com o pepino enterrado ela caiu de boca no meu pau me limando e mantendo duro... entao ela tirou o pepino e sentou no meu pau novamente e comecou a rebolar e mandou eu ficar quietinho q ela queria gozar uma ultima vez e ficou rebolando ate q gozou gostoso... deitou no meu peito e dormimos com o dia quase amanhecendo. QUando acordamos nos despedimos com um beijo e a promessa de repetirmos a dose... rn

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS