Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

MEU PROFESSOR NA MINHA CASA

oi sou a deia,casada,mas cansada do meu marido,já sai com meu professor do curso de comissaria,e ele esta insaciavel,toda hora me liga,sempre no curso agente se pega,nas salas vazias,vou sempre com roupinhas de piriguete,ele adora.e o otario do meu marido me ver saindo toda arrumada e cheirosa,nao fala nada,ai fica mais facil ainda.sempre que termina o curso meu professor me tras em casa,no caminho de casa fazemos loucuras no carro,seu carro e todo filmado,venho chupando ele,já ate sentei em sua pica no engarrafamento.quando chego em casa,faço a comida e vou dormir,quando meu marido chega nen me ver.come vai dormir,depois que ele dorme,sempre na madrugada,eu entro no face,fico me exibindo e falando besteira pro meu amante,um dia ele me disse que queria me comer aqui em casa,meu curso já tinha terminado e quase nao conseguia estar com ele.ai combinamos que ele poderia vir aqui quando meu marido fosse trabalhar.no dia combinado,me lenvantei cedo junto com meu marido,e fui levar ele no portao,quando abrir o portao avistei do outro lado da rua o carro do professor.fiquei molhada na hora,meu marido me deu um beijo e foi trabalhar,eu fiquei olhando ate que ele fosse embora,eu estava no portao de camiseta justa,com uma bermuda de malha rosa curta,toda enfiada na minha bunda,muito gostosa,mas tava com medo de ser vista por algum colega do meu marido.quando meu professor me ligou e disse posso ir,eu disse que sim que saiu do carro,um amigo do meu marido chegou de carro perguntando por ele,eu toda sem graça disse que tinha ido trabalhar,so que o meu amante,já estava quase entrando no portao.ele saiu e disse depois voltaria.nossa minha vontade era maior que meu medo de ser flagrada.entramos na minha casa,nos beijamos bem gostoso,minha mao estava fria,eu estava com muito medo,mas cheia de vontade,ficamos na sala,tirei sua roupa e mamei com muita vontade aquela pica preta ,ele metia seu dedo no meu cuzinho,e me dizia hoje vou comer seu cuzinho minha putinha,o safado tinha trago ky,pasou no meu cu,lubrificou bem,e começou a colocar,estva doendo,mas eu disse que podia continuar.ele nen tirou minha roupa,meu short estava de lado,ele pondo tudo dentro do cuzinho,tava gemendo como uma louca,no começo de dor depois começei a gostar,ele me chamava de puta safada,e colocava já sem pena,nossa depois que ele gozou cai no sofa exausta,meu cu ficou todo melado de leitinho,ai ele me pediu pra chupar,e deixar ele limpinho,nen sei como consegui,mas fazia tudo que ele me pedia,deixei ele limpinho e duro denovo.ai eu disse deixa sua putinha fazer uma coisa,deitei ele no sofa,e começei a chupar seu pau seu saco,fui decendo ate seu cuzinho,ele deixou,eu fiquei com a cara toda babada,chupando e passando a lingua em torno do seu cuzinho,ele gemia me chamava de puta piranha,que nao estava aguentando mais.me viro de quatro no sofa,e me fudeu com tanta violencia,que o sofa foi parar do outro lado da sala.como socava gostoso,com força sentia aquela pica cada vez maior,quando me disse que ia gozar,me deixando minha bucetinha encharcada de leitinho,ele agarrado na minha cintura,me puxando meu cabelo,e me disendo,que sempre iria me comer na minha casa,quando meu marido fosse trabalhar.depois que ele foi embora,já era quase uma hora da tarde,dormir o resto do dia,mas feliz.e meu marido vai tomar varios pra deixar de ser fdp.rsrsrsr

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS