Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

FINALMENTE CAMILLA

Bom, minha historia começou na minha adolência. Vocês ja viram aquela vizinha que sempre passa na rua e faz você parar e depois bater uma para ela. Bom esta e nossa amiga Camilla, sempre meio doidona gostava de lutar capoeira. Com corpo lindo com uma bunda grande maravilhosa...rnrnBom vamos ao que interessa...rnrnCamilla sempre muito linda e safada, ficava somente aos amassos com os meus amigos e sempre ela chamada de a MASSAGISTA. Pois adorava esfregar e fazer massagens, um dia levou o meu primo ao motel e sempre so esfregada e deixava o mesmo doido e nunca foi ao finalmente com menhum. Bom como tudo acontece por acaso foi o que aconteceu com a historia que irei com a vocês. Bom, um certo dia sempre andava com a Camilla na camionete de meu pai. Mais nunca tinha coragem de chegar chegando. Sempre dava uns roles unas voltinhas com ela mais nunca conseguia chegar chegando... Mais como tudo tem a sua hora. Moleque a minha chegou, bom em certo final de semana marcamos de dar uns roles, cheguei na casa dela para busca ela , como estava maravilhosa e linda. Como jamais vi, com isto iriamos dar um passeio por uma avenida onde fica bares e boate de nossa cidade. Chegando no sinal cara não sei da onde criei coragem simplemente virei do lado. E rolou aquele beijo e que beijo. Damos unas voltas mais como ela tinha um ficante e uns rolos preferi pegar a camionete e ir para uma cidadezinha perto que da uns 30 Km. Nossa que noite maravilhosa, andei de mãos dadas beijei, enfim, decidimos ir embora. No meio do caminho me deu uma doida parei o carro na pista de dei aquele amasso. E perguntei ta afim de fazer um programa de INDIO. Ela disse o que isto, há sei la ir e um motel so para ficarmos sem compronisso de rolar nada. Nossa ai que descobri o porque de ela ter o apelido de massagista. Bom chegando ao motel aquele beijo gostoso comecei a rancar a roupa da mesma ela tirando minha camiseta, pensei, hoje terei a sorte grande. Nossa nos dois so de calcinha e surtiam e e me deixava doido e fiquei pensando e agora ela disse você lembra que vinhemos aqui sem compronisso de nada. Eu pensei melhor que nada derepente ela me bate a melhor punhenta da minha vida. rnrnContinua... tem muitas loucura por ai

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS