Aviso: Alteramos a página inicial para mostrar os novos contos que foram aprovados, não deixe de enviar seu conto.

COROA JOVEM CANSA

AOS 19 ANOS TRABALHAVA COM MEU PAI NUM PEQUENO BAR NO CENTRO DA CIDADE. E COMO TODO BUTECO, SEMPRE APARECIA MUITOS HOMENS PRA BEBER E FALAR ALTO. TINHA UM COROA DE 60 ANOS ACHO, QUE ERA AQUELE TIPICO DE HOMEM QUE BEBIA E RESSALTAVA SEU TEMPO DE JOVEM E QUE COMIA TODAS AS MENININHAS. EU FICAVA RINDO E PRESTANDO ATENÇÃO NAS SUA HISTORIAS MIRABOLANTES. ESSE COROA TINHA CABELOS BRANCOS E AQUELA BARRIGA DE CHOPP. USAVA SEMPRE UM JEANS SURRADO NO QUAL PUDE OBSERVAR NO MEIO DE UMA CONVERSA, QUE SEU PENIS ERA GRANDE E PARECIA BALANÇAR LIVREMENTE PARECENDO ESTAR SEM CUECA. UM DIA, NUM FINAL DE TARDE, MEU PAI PRECISOU SAIR PRA RESOLVER PROBLEMAS E EU FIQUEI SOZINHO ESPERANDO MARCAR 18HS PARA FECHAR. A PORTA ESTAVA ENTRE- ABERTA DE REPENTE A CHUVA CAIU MUITO FORTE QUANDO O COROA ENTROU CORRENDO PARA SE ESCONDER. JA QUE O CONHECIA,ABAIXEI AS PORTAS E FUI ARRUMANDO AS COISAS MESMO COM ELE LA DENTRO. OLHEI PARA SEU PAU DESPISTADAMENTE SO QUE ELE PERCEBEU E DEU UM SORRISO SAFADO. DESFARCEI MESMO EXCITADO COM AQUILO. ENQUANTO ESTAVA NO FUNDOS DO BAR AJEITANDO ENGRADADOS DE CERVEJA, SENTI O PAU DO COROA QUE SEGUROU MEUS QUADRIS, ROÇAR FORTE NO MEIO DA MINHAS NADEGAS. ELE PASSOU A MAO PARA FRENTE DO MEU CORPO,ABRIU O ZIPER DA MINHA CALÇA, DESABOTUOU E FOI TIRANDO A CALÇA BEM DEVAGAR. LOGO DEPOIS VIREI PARA ELE E ABAIXEI NA SUA FRENTE TIRANDO SUA CALÇA SURRADA RAPIDAMENTE PRA VER O QUE ME AGUARDAVA. COMO PREVIA, ELE NAO USAVA CUECA E SEU PAU ERA GRANDE COM UMA VITALIDADE IMPRESSIONANTE, ERA RETO, CHEIO DE VEIAS E PARECIA UMA BELA FRUTA MADURA. SENTAMOS NUMA VELHA CADEIRA ENFERRUJADA DO BAR,SENTEI NO SEU PAU E SENTI ELE ALARGANDO SO COM A CABEÇA MEU CU QUE PISCAVA SEM PARAR. ME EQUILIBRANDO SO COM OS DEDOS DO PÉ, FIZEMOS UMA RAPIDINHA QUE FEZ UMA PORRA QUENTE E EM GRANDE QUANTIDADE ESCORRER DO MEU ANUS E PINGAR AO CHAO. QUANDO ENFIOU AQUELA TORA DE CARNE ATE AS BOLAS NO MEU CU, GEMI ALTO MAS CAVALGUEI FORTE NELA. PODEM NAO ACREDITAR, MAS AQUELE COROA ERA AINDA O JOVEM QUE FALAVA, GOZOU MUITO TRES VEZES SEGUIDAS COM O PAU TOTALMENTE DENTRO DO MEU CU.MINHAS PERNAS TREMIAM SEM PARAR, MEU CANSAÇO ERA VISIVEL, SO CONSEGUI ABRAÇA-LO E ENCOSTAR A CABEÇA EM SEUS OMBROS.DESCOBRI LOGO DEPOIS QUE O COROA MORAVA A DOIS QUARTEIROES DO BAR.ENTAO SEMPRE QUE PODIA IA ATÉ LÁ PRA FICAR MUITO CANSADO.