Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

CONHECENDO O MUNDO

Continuação de " Serviçal Disponível"rnrnDepois que todos os convidados chegaram e se acomodaram na sala da casa do Sr. Rodrigo, ele mesmo colocou-me uma coleira com uma corrente e fui obrigada a andar como uma cadela pela sala.rn- Lugar de cadela ? debaixo da mesa, vá e faca o serviço em todos que estão aqui! - ordenou ele.rnCompletamente nua, entrei embaixo da mesa da sala e comecei a chupar um por um e engolir o leitinho de todos eles.rnDepois de engolir o leitinho de todos os homens, senti a minha coleira sendo puxada e sai debaixo da mesa, foi quando vi que todos eles tinham capuzes sobre o rosto para não serem reconhecidos.rnO Se. Rodrigo me puxou a coleira até a parede e fui amarrada com as mãos para cima, nisto os dois mais velhos iniciaram a me açoitar. Eles diziam que me açoitavam para que eu me comportasse bem. Depois pegaram uma espécie de chicotinho com vários fios e de pernas abertas iniciaram um pela frente outro por trás a me acoitar a bunda e a buceta, até ficar em carne viva, foi então que me soltaram e eu caída no chão comecei a ser fudida pelos dois, um comia a buceta e o outro o cuzinho e se alternaram até cansar.rnEntão foi a vez dos outros homens, todos juntos eram quatro e eu recebia duas picas no cu e duas na buceta, foi quando comecei a chorar de dor, então fui novamente amarrada contra a mesa da sala com as pernas abertas, eles se revezavam em comer a minha buceta e o meu cuzinho, quando achei que tinham terminado eles me disseram que eu seria castigada por nao ter dado a eles o que queriam e pagaram uma dp anal e vaginal, pedi desculpas e concordei com a cabeca em ser castigada por eles, foi quando viu um deles acendendo um charuto... neste momento fui amordaçada para que não gritasse já que o charuto seria apagado na minha boceta.rnSá senti a brasa quente na minha boceta.rn- Vai colaborar conosco, ou quer sofrer ainda mais? Cochichou um deles para mim.rnVoltei a ser amarrada com as mãos para cima e fui submetida a choques elétricos na buceta e no cu, alem de terem colocados uns pregadores com pesos no bico dos meus seios. Foi então que desmaiei e para o prazer deles mesmo desmaiada fui fudida como eles queriam, com duas picas na bunda e duas na buceta, acordei chacoalhando naquelas picas enquanto o Sr.Rodrigo filmava tudo.rnQuando terminaram tiraram aqueles cacetes enormes e me fizeram limpar os cacetes que estavam sujos.rn- Continue ajoelhada garota esta na hora do banho de porra!- disse um deles.rn- Não quero ver nem uma gota no chão, portanto trate de engolir tudo e se caso cair no chão quero ver você lambendo tudo, entendeu garota?rnEntão todos eles juntos começaram a bater punheta e derramar o liquido sobre mim. Fiquei toda lambuzada, cabelos, rosto, nos seios, tentei ao máximo abrir a boca para engolir aquele leite, mas era tanto que claro escorria pelo meu corpo até chegar no chão.rnEntão empinei a bunda e comecei a lamber tudo do chão como uma boa cadela.

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS