Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

O CORNÃO BEBENDO E EU METENDO....

Trabalhei com um manézão uns dez anos, ele se achava o pegador, o bonzão, metido a pegador de xanas. Certo dia, depois de uma semana pesada de trampo, enfim chegou sexta-feira, como de costume ele foi tomar aquela gelada, eu vi ele discutindo com a mulher.rn--- ela metendo o pau, dizendo que não dava assistência para a coitada e disse que ia dar para o primeiro que aparecer na frente, e eu como não tenho nada a ver com isso..... fiquei embaçando. O chifrudo foi tomar a gelada como resto da galera e eu fiz de tudo para ser o primeiro a comer aquela puta safada. Já sabia onde eles moravam e passei de carro práximo a casa deles. Lá estava ela, sozinha e desamparada, parei e e perguntei se queria tomar uma cerveja pois estava muito calor, ela aceitou...ja dei uma filmada no material e fomos, como não sou de enrolar já dei uma passada de mãos levemente em sua perna, a safada sorriu e não pensei duas vezes, direto a um motel, chegando no local pedi que fizesse um striper, e que ligasse para o cornão que estava ainda no bar, ela disse que ia meter com um negão e ele não acreditou, desligou o celular. rnEu já de pau duro coloquei naquela boca carente, ela chupou com delicadeza e sabedoria, eu louco de tesão, pensando na xana que ia comer bem gostoso.rnMas eu tinha que fazer mais, coloquei aquela puta de quatro e coloquei no cuzinho bem gostoso e a minha putinha gemendo bem gostoso. Me come negão, me faz de puta, já que aquele corno sá pensa em cachaça, eu bombando bem gostoso naquele rabo, ficamos nessa putaria uns 30 minutos ela me dando sua bundinha, e eu adoro comer. Fui tomar um banho, mas ainda não tinha gozado, fiz ela mandar um boquete bem babado no meu pau, que delícia, coloquei minha mais nova putinha em cima, para ela cavalgar no meu pau, ela obedeceu louca por sexo, depois de uma bela gozada que jorrei em sua xana, tomanos um banho e fomos embora, a proposito a deixei práximo ao buteco em que o cornão ainda estava por lá mamando a cachaça. Aguardei uns minutos no carro e também foi tomar a gelada com eles, porque ninguém é de ferro.........

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS