Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

A PRIMA DA MINHA EX

Olá depois de um longo tempo sem postar nada vamos aos fatos.rnSou um cara normal de estatura mediana,um cara normal mesmo.rnTenho uma ex mulher que é o cão na minha vida,mas se tem uma coisa que ela tem de bom é a prima dela,um tesão de mulher.rnVou descreve-la para vocês,alta pela morena cabelos loiros(pintados) seios lindos para uma mulher que já tem uma filha,e um bumbum lindo malhado,maravilhosa mesmo o tipo de mulher que deixa muita garotinha no chinelo.rnDesde o tempo de casado que eu era louco para traçar aquela delícia,sendo que nunca tivemos uma oportunidade real para consumarmos o ato,até que por um acaso da vida me separei e acabei perdendo o contato com a priminha,mas como o que é pra ser não tem jeito vai ser uma hora ou outra,nos encontramos numa rua do bairro aonde moramos,trocamos um papo rápido trocamos telefones e marcamos de nos falarmos em breve.rnAquele desejo antigo voltou com tudo e em minha cabeça sá se passava a hora de ligar para ela e poder levar aquela delícia pra cama.Uma bela tarde eu tomei coragem e liguei para ela ao qual no terceiro toque foi atendido,ela com aquela voz de gatinha manhosa e nos falamos por quase uma hora,e acabamos marcando um almoço para podermos conversar mais tranquilamente.rnNa sexta feira seguinte nos encontramos em um restaurante bem legal aonde podemos papear o tempo suficiente para deixar bem claro o que eu queria com ela,com um semblante assustado ela disse que não poderia pois eu era ex da prima e que isso não era certo ela sair comigo e coisas e tal.rnConsegui tirá-la de lá direto para uma cama de motel.rnEntramos no primeiro motel que vimos,ela sempre dizendo quanto era louca de estar dentro de um motel com o ex marido da prima dela,e quando eu menos esperava ela me deu um beijo molhado e com uma volúpia alucinante,a muito tempo não recebia um beijo tão gostoso,começamos a tirar as roupas,eu as dela e ela as minhas quando eu vi aquela mulher nua,quase tive um treco tudo no lugar(tirando os peitos que são lindos mas a gravidade age nas mulheres)nos beijamos como adolescentes,eu a beijava no pescoço e fui descendo para os seios que ali fiquei durante um tempo considerável,ela gemia baixinho meio que com vergonha de estar gostando de estar ali,meio que um sentimento de culpa,mas o tesão era tanto que a boceta estava tão molhada,que o perfume que exalava dela era inebriante toda lisinha sem um pelinho se quer fui descendo beijando e chupando tão gostoso que ela não conseguia proferir uma sá palavra,sá gemia e gozava ,depois ela me disse que nunca tinha deixado nenhum homem chupá-la pois tinha nojo de sexo oral.rnEla não quis me chupar no primeiro momento,mas depois de uma breve conversa ela acabou por aceitar e começou a fazer um boquete parecido com os das meninas do colegial,horroroso arranhando com os dentes sem experiencia nenhuma na arte da felação,eu a peguei no colo e a sentei em cima do meu membro duro como uma estaca,ela gemia e rebolava como nenhuma outra tinha feito até então,ela começou a gritar e pedir para eu bater em sua bunda pois ela adorava rnDeixei ela gozar nesta posição o quanto ela aguentou,quando ela já estava caçada de ficar naquela posição a coloquei de 4 e fui enfiando cada pedacinho do meu pau dentro dela e ficava tirando e colocando sá para judiar dela ao que ela gritando pediu para enfiar o mais rápido que eu consegui-se quando ela começou a morder com a boceta o meu pau eu não aguentei,gozei tudo que eu tinha dentro daquela boceta que eu tanto desejei por tanto tempo,ela hoje é minha amante fixa e depois de 4 meses realizamos algumas loucuras em relação a sexo.rnDesde já aviso que todos os fatos relatados aqui é real.

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS