Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

MINHA MELHOR EXPERIENCIA (VERIDICO)

Olá, me chamo B., tenho 21 anos, moro no interior de são paulo, sou loira, tenho olhos castanhos, 1,72, gordinha ( seios grades, bumbum grande e cintura mais fina, uma gordinha bem distribuída). Não me considero uma mulher fora do normal, nem minha rotina nada espetacular, faço faculdade de manhã, não sou muito baladeira, e sou ninfomaníaca mas minha cara de menininha engana bem. Fui noiva durante 3 aos e vivi muitas experiencias que pretendo compartilhar aqui ainda. Mas nesse primeiro conto vou contar a transa que foi a mais prazerosa. rnrnrnA 5 anos atras, quando tinha apenas 19 aninhos, ficava na rua de casa com algumas amigas jogando conversa fora. Sempre passava por nás um homem negro mais velho, calculava que por volta de 30 anos, negro, mais alto q eu (1,80 eu acho) e malhado. Sempre ficava babando quando ele passava mais jamais imaginei que o mesmo olharia para mim. Numa tarde entrei em casa tomar um copo de água, quando minhas amigas me chamam e dizem que o C. (até esse momento eu não sabia o nome dele) tinha perguntado de mim e queria falar comigo depois. Como toda menina bobinha o coração dispara, as mãos suam frio e eu resolvo dar uma volta pra ver se encontrava ele na rua ainda. rnrnQuando viro a esquina encontro ele, muito educado se apresenta, pergunta meu nome idade e a conversa flui normalmente até o momento que ele me pede para encontra-lo por volta das 23:30 na rua de cima de casa. Concordei. Dado o horário fui ao encontro dele. Conversamos um pouco quando ele passa a mão no meu rosto indo até a nuca e me beija. Que beijo gostoso, ele me envolve nos seus braços, morde meu pescoço e desliza q mão pelas minhas costas. O tesão vai aumentando mas o lugar não possibilita muitas coisas e eu por ser virgem e ainda menina (não podia demorar) digo que vou embora. rnrnPenso naquele moreno a noite toda. Me toco pensando nele. Mas mesmo morando na mesma rua não nos víamos muito. Logo conheci alguém e namorei por anos. rnrnQuando a alguns dias encontrei uma irma dele que disse que ele sempre perguntava por mim e me passou o celular dele. Não contive a ansiedade e lhe mandei um sms, logo recebi uma ligação me identifiquei e conversamos por horas combinando de nos encontrar no dia seguinte.rnrnNo dia seguinte passei buscar lhe no serviço as 00:30 e saímos a procura de um barzinho, mas aonde moro durante os dias comerciais a essa hora não há mais nada aberto sugeri pararmos na rua mesmo pra conversarmos. Ele não tinha mudado nada, sempre sério o que me instigava, me disse que eu tinha mudado muito. A voz, o cheiro, não era mais uma menina e sim uma mulher. Mas até aquele momento sá estávamos conversando. Peguei sua mão e medi com a minha, nesse instante os olhares se encontraram e nos beijamos. Que saudade que eu tava daquele corpo, daquele beijo. As mãos foram rolando. Ele tirou sua camisa e me puxou pra perto de si, como era bom sentir o seu cheiro, o calor do seu corpo. ele ergue minha blusa e beija meus seios, brinco com ele que sempre tive curiosidade quanto ao tamanho se é o que dizem, ele me pergunta se quero ver, digo que sim, ele me fala pra pegar o que quiser, abro sua calça e tiro aquele pau, era o maior que já tinha visto, não resisto e abaixo para chupa-lo; me delicio com aquilo por alguns minutos mas o tesão está sá aumentando porem novamente estamos num lugar publico, práximo a nossa casa, e já são 3 dá madrugada. Ele insisti para irmos para um motel mas peço para irmos no dia seguinte afinal já é muito tarde e eu não tinha justificativa para dar em casa quanto ao horário. Ele se despede com um beijo e vai pra sua casa. rnChego na minha e novamente a situação se repete me toco pensando nele, acho que nunca estive tão molhada quanto neste dia. Durmo com o seu cheiro e pensando como a vida nos prega peças afinal passaram 5 anos, perdi minha virgindade, mudei muito mas retornei ao mesmo ponto. rnrnNo dia seguinte acordo com a ligação dele me desejando bom dia, a ansiedade é enorme as horas não passam. Quando aproximasse do horário tomo um banho, passo cremes fico perfeita para ele. Coloco uma calcinha pequenininha, daquelas que ficam enfiadas no bumbum e vou ao encontro dele. Ele entra no carro, me beija e pergunto aonde vamos, ele sá me diz pode ir que te guio. Chegamos ao motel ele entra tomar um banho enquanto fico na cama a sua espera. Ele sai do banheiro de cueca e deitasse na cama. Abaixo a luz e deito por cima do seu corpo. Depois de alguns minutos nos beijamos tiro munha roupa e fico de calcinha e soutien e sento em cima dele continuamos nos beijando.Desço beijando seu corpo todo até chegar na sua cueca.. beijo lhe as coxas e sugo seu pau por cima da cueca tiro a mesma com os dentes e começo beijando a cabecinha do seu penis, desço beijando ele todo.. lambo seu pau todinho e suas bolas.. chupo sá a cabecinha quanto mexo nas suas bolas. Seus gemidos me excitam . Ponho tudo que consigo na boca... até sentir sua pica na minha garganta. Ele acaricia meus cabelos. Volto lhe beijar os lábios. Ele me deita na cama e tira minha calcinha poe a cabecinha na porta e da uma leve empurrão sinto cada pedacinho entrando; Ele começa a se mexer lentamente tirando e colocando em mim me fazendo pedir mais. Ele começa a bombar e eu gemendo de prazer naquela pica. Peço pra ele me comer de 4 o que ele atende com prontidão. Fico de 4 com as pernas bem abertas pra ele me comer ele poe tudo de uma vez, que sensação maravilhosa ele me come assim durante algum tempo depois me deita de bruços abre a minha perna até gozar no meu bumbum, gozo junto com ele sentindo minha bucetinha contrair naquele pau. Deitamos, eu sobre o seu peitoral, como gosto daquele cheiro, ficamos conversando sobre muitas coisas quando desço e limpo toda porra que sobrou e volto a mamar naquela pica ate deixar bem dura pra sentar nela. Sento deixando ela escorregar bem gosto pra dentro, desço e subo naquela piroca até ele me virar por de 4 e gozar tudo lá no fundo. rnrnFicamos deitados exaustos tomamos banho juntos e fomos embora. Agora ele quer comer meu cuzinho. Essa ideia tem me excitado bastante se acontecer conto pra vocês.rnrnBeijinhos

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS