Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

UMA TRANSA POR UM CREDITO

ola! meu nome é marcio tenho 29 anos tenho um fisico normal 1,75 de altura, trabalho em uma farmacia e faço plantoes oque vou contar aconteceu a duas semanas numa madrugada de plantão, a rede de farmacias que trabalho vende creditos de celular, mas por medida de segurança nos plantões nao vendemos creditos, nesta madrugada toca a campainha quando abro a porta uma morena de aproximadamente 1,75m cabelos longos e olhos castanhos estilo ninfetinha, uma visão do paraiso, seu nome era fernanda tinha 23 anos, ela entrou eu encostei a porta e ela falou:rn-Me ve um credito da vivo por favorrn-Desculpe moça mas nao vendemos creditos nos plantões apenas em horario comercial - respondirn-mas eu preciso muito de credito insistiu elarn-infelizmente nao posso vender vou ficar lhe devendo rnela era muito gata corpinho escultural ja estava imaginando como seria comer aquela bucetinha, quando ela falou com um sorriso safadinho - eu poderia fazer qualquer coisa por esses creditos. nesse momento ela se aproximou de mim, e senti seu perfume maravilhoso, e meu pau começou a ficar duro, ai entao eu respondi - experimenta, ela botou a mão no meu pau por cima da calçae sentiu que ja estava latejando de tesao, ai eu falei - aki na frente nao vamos lá atras e levei ela para o estoque da farmacia que ficava na parte de tras do balcão, nos beijamos e ela foi descendo e tirou minha camisa, abriu meu cinto e sacou meu pau pra fora 19 cm de muito tesão, quando ela começou a chupar tive que ser muito forte pra não gozar logo no inicio, ela chupou por uns 19 minutos o melhor boquete que ja recebi na vida quando ela parou de chupar se virou de costas pra min colocou as mãos nas prateleiras e falou: agora é minha vez, ergui seu vestido baixei sua calcinha vermelha, apoiei uma de suas pernas num banquinho e comecei a chupar sua buceta que estava enxarcada, que delicia de buceta bem cheirosinha toda depilada, chupei até ela gozar na minha boca, ainda não satisfeita pediu pra meter meu pau na sua buceta, entao coloquei a camisinha, e comecei bem devagar ela estava muito molhada e pediu pra meter com força então comecei a ir mais rápido, metia por trás dela e com o meu polegar comecei a dedilhar seu cuzinho, ela começou a gemer forte, percebi que ela estava gostando que eu brincava com o seu cú, entãoresolvi meter no cuzinho dela, mas nao poupei forças encostei meu pau no seu cu enfiei tudo de uma vez sá, ela gemeu alto e gozou novamente, soquei com muita força naquele cuzinho apertadinho, e quando estava quase gozando ela se virou arrancou a camisinha e começou a me chupar e eu gozei dentro da boca dela, ela engoliu tudinho ate a ultima gota do meu leite, ela vestiu sua calcinha baixou o vestido e me pediu se valia um credito de celular eu disse é claro que vale, ai ela me perguntou quando teria plantão novamente que ela com certeza iria precisar de créditos nesse dia, entreguei o credito pra ela e nao quiz cobrar, a fê fez questao de pagar, No dia seguinte tive que inventar uma desculpa para a gerente do por que havia vendido credito na madrugada sendo que nao era permitido disse que era uma emergencia e fiquei com pena da cliente! kkkk rnesse é um conto real!

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS