Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

ESTRUPADA E VIOLENTADA NO COLÉGIO

Olá, meu nome é Camila,fui estrupada e violentada na escola.Bem, sou morena, 1,56 altura,tenho seios durinhos, coxa grossa e a bunda grandinha e empinada, cabelos longos castanhos.Estou na 7a.serie.Meu uniforme é a camisa da escola, calça jeans e tênis.Depois do recreio agente ia embora mais cedo, pois faltaram professores, fui em direção ao pátio da escola e quase todo mundo já tinha ido embora.Me despedi de alguns serviçais que trabalhavam na escola.Seu Claudio era um homem sério de uns 40 anos que trabalhava lá também.Dei tchau prá ele, mas percebi que naquele dia ele ficou me olhando estranho.O corredor do pátio já estava vazio, ele me seguiu e me puxou pelo braço me fazendo entrar a força para uma sala de aula.Não tive como gritar pois ele tapou a minha boca enquanto torcia o meu braço.Fiquei ainda mais assustada pois lá na sala tinha mais dois funcionários que trabalham cuidando da escola.Estavam com o pau prá fora.Assustada e com medo eles me disseram que iam me estrupar, mas que antes , eu ia ganhar uma surra.Me mandaram assentar e foram passando o pinto deles em mim.Estava chorando, aí o Sr.Claudio me puxou pelo cabelo e disse para mim cooperar , que ia ser melhor.Batia no meu rosto enquanto os outros dois me surravam na bunda enquanto passavam a mão na minha bucetinha.Fiquei de quatro no chão igual a uma cadela .Tinha que andar de quatro ate cada um deles ,colocar minhas patinhas sobre as pernas de cada um e chupalos.Não resistindo, rancaram a minha roupa toda e com medo de ser estrupada fiz xixi pelas pernas.Tentei sair da sala estava desesperada .Um deles me segurou pelos braços, fiquei de frente pro mais caralhudo que estava taradinho com o meu corpo, eles passaram a mão em mim , passavam a mão na minha bunda e ficavam me mostrando aqueles pintos prá mim.Eles ficavam dizendo que estavam louquinhos a muito tempo prá me comer.Riam , batiam no meu rosto, pedi que não , que não metessem em mim, pedia muito e quanto mais eu pedia com mais tesão eles ficavam.Disse que iria cooperar, que eu ia dar para eles se eles parassem de me bater.Foi quando começou a curra,eles me jogavam um para o outro.O Jonas que era o mais novo, me colocou de bruços na carteira e começou a me comer, enfiava aquele caralho enquanto me chamava de putinha de colégio, minha bucetinha queria caralho, socava violentamente,enquanto o Sr.Eustáquio passava a mão nos meus seios , fiquei batendo punheta e chupando o caralho do Sr.Claudio, até que o Jonas Gozou.Foi a vez do Sr.Eustáquio,sentei em cima daquele homem , pediu que ficasse pulando naquela picona dele.Minha bucetinha estava molhada de corrimento e porra , enquanto subia e descia naquele homem , batia punheta para o Sr.Cláudio, minha mão tão pequenininha naquele caralho tão grosso.Quando ele estava quase gozando, tirou da minha bucetinha e colocou na minha boca.Tive que engolir todo aquele líquido.Aí foi a vez do Sr.Cláudio .Ele me comeu de quatro.Enquanto segurava na minha cintura, deixei minha bundinha bem empinada,meteu aquele caralho com força , me estrupava com violencia .Me mandava pedir para que ele me estrupasse.Repeti várias vezes: Vem, me estrupa , me estrupa seu monstro, mes estrupa.Quando estava quase gozando , tirou da minha bucetinha que estava toda melada de tesão e enfiou no meu cuzinho.Gritava de dor ,sendo estrupada com aquele caralho grosso e latejante no meu cuzinho.Depois que os três gozaram, me pediram prá ficar batendo siririca até eu gozar.Me masturbei para eles e gozei igual a uma puta vadia.Na saida, o Sr.Claudio me pediu segredo, senão ia chamar os outros dois e me estrupar de novo.Disse que guardaria segredo, desse dia em diante, virei a pirainha deles, pois as vezes um outro me leva prá uma sala vazia ou lá atrás da escola prá ficar de putaria comigo.Tão novinha e já sou uma putinha depravada.

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS