Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

MEU AMIGO COMEU MINHA ESPOSA

Ola pessoal, hoje vou compartilhar uma situação real que aconteceu em minha vida a alguns anos atras mas precisamente em 2006, naquela epoca eu tinha 30 anos e minha esposa 29 anos que vou chamar de Eliz, ja fazia 2 anos de casados, quando fomos em uma chacara em uma festa de aniversario de um amigo meu, onde passariamos a noite até aí tudo normal, festar e depois durmir, mas algo que aconteceu naquela noite me surpreendeu e por incrivel que parecesse para aquela epoca me deixou com muito tesao até hoje quando lembro. bem vamos aos fatos; vou descrever minha esposa, ela tem pele clara, 1,73 algura cabelos castanhos claros ondulados, seios medios, bundinha redondinha muito bonita, e uma xaninha pequena totalmente depidada. Entao naquele fim de semana fomos aquela festa eu, Eliza, sua irmã, e algumas meninas conhecidas, chegamos la, levamos as coisas para os quarto que ficava no andar de cima da casa, em um quarto ficariam as meninas solteiras incluindo minha cunhada, no outro quarto ficara eu e Eliza, em outro quarto os homens solteiros, e noutro outro casal que la estavam, até aí tudo bem, porem as meninas começaram a beber muito, incluindo minha esposa, resultado em pouco tempo estavam muito bebadas, e acabou que minha esposa, minha cunhada e outra menina, foram carregadas para a cama de tao bebada que estavam, porem que ajudou elas a ir foi a mulher do dono da chacara, que se ofereceu para levar as meninas para o quarto para durmirem sendo assim os homens poderiam continuar bebendo e conversando, ok, bom la pelas tantas um um amigo meu que era tarado pela minha cunhada, ja com a cabeça cheia de cachaça começou a ter umas ideias doidas e pedindo para eu ajudalo, bem sua ideia era a seguinte, ele queria aproveitar que minha cunhada estava desmaiada de tanto beber, e subir no quarto onde ela estava para tirar uma casquinha com ela e quem sabe até algo mais, e contava com minha ajuda para isso, eu topei na hora, pois nao iria perder a chance de ver minha cunhadinha muito gostosa peladinha. Entao sem dar bandeira subimos para os quartos, e bem devagar agrimos a porta do quarto para ver, detalhe, nao acendemos a luz do quarto para nao acordar as outras meninas que estavam la, entao com a luz do celular localizamos minha cunhadinha deitada de bruços com aquele rabão virado para o nosso lado, nao deu outra ambos ficamos com tesao na hora, entao ele foi até la e eu fiquei na porta cuidando para que alguem nao aparecesse, mas com um pouco de claridade que entrava pela porta dava para ver o vulto do que ele estava fazendo, entao percebi que ele mexia nela e nada dela reagir, ele passava a nao pelo corpo dela e nada, entao ele começou ser mais ousado, passando a mao por entre as pernas dela, e entao acabou pondo a mao por dentro do shorts que ela usada, entao na hora me disse; cara, a bucetinha dela é toda depiladinha, na hora eu pensei, grande coisa a da minha mulher tb é, alem do mais uma vez ela me disse que minha cunhada depilava toda a bucetinha tb. mas voltando ao assunto, eu morrendo te tesao resolvi ir até la tb, e tb passei a mao da bucetinha dela, mesmo no escuro deu para sentir a textura dela, uma delicia, entao ele me disse vamos baixar o shorts dela, eu disse ok, entao bem devagar fizemos isso, ela nem se mexeu, pois estava apagada por conta da bebida, entao ele me pediu vou esquer o quadril dela e vc coloca um travesseiro em baixo, e foi o que fizemos, entao ele começou a passar a mao dela, e como ela nao demonstrava nenhuma reaçao, ele foi avançando, entao começou a passar a lingua no cuzinho dela e na xoxotinha tb, pois a bundinha dela estava empinada, aí ele ficou doido, dizendo que ia comer ela, aí nessa hora eu fale; nao, ta loco, ela vai acordar, e isso vai dar rolo, mas ele insistiu dizendo que ia tentar bem de vagar e se ela começasse a falar algo para parar ou sair ele sairia rapido, entao eu fui para porta cuidar e ele tirou a calça e a cuéca e foi, entao o que aconteceu a partir dai, foi o que ele me contou, pois eu esta perto da porta e com o escuro nao vi exatamento o que ele fazia, mas em algum momento ele me disse ta entrando o pau nela, entao ela começou a se mexer, e ele parou mas nao tirou opau, entao continuou a enfiar e começou a mexer nessa hora eu via ele fazendo um movimento de vai e vem, lento mas continuo, eu nessa hora com o pau mais que duro me masturbava, ela dava uns gemidos mas nao demonstrava nenhuma reação, entao ele parou um pouco e deu um gemido mais profundo, nessa hora ele gozou, e ficou um tempo com o pau dentro da bucetinha dela e depois tirou, aí eu fui com o celular e clariei a bucetinha dela, e vi uma grande quantidade de esperna escorrendo de dentro da bucetinha dela toda arronbada pelo jumento do meu amigo, nessa hora fiquei apavorado, e disse , cara vc gozou dentro dela, e se ela nao toma comprimido, vc pode engravidar ela, e aí a merda ta feita mesmo, nessa hora ele tb caiu a ficha e concordou comigo, mas aí ja era tarde, entao ele se trocou rapidinho, ergueu o shorts dela e descemos para nos juntarmos com os outros, e ele com um sorriso de um lado ao outro , e ninguem nem desconfiava do fato, e a bebedeira contimuou, um pouco mais tarde todos aos poucos ja começavam a se recolher para durmir, os que tinham bebido alem da conta, se espalhavam pelos sofas, redes, entao esse meu amigo Marcelo, me disse que ia dar mais uma na minha cunhada, antes de ir durmir, entao eu fale, vai sozinho, eu to fora, acho que vou subir durmir, e amanha a gente conversa, ele disse ok, e subiu, eu arrumei umas coisas antes e subi, passei pelo quarto que estava minha cunhada, e dei uma espiada e Marcelo estava la, ja comendo ela de novo, entao fui pro meu quarto, abri a porta e entrei sem fazer barulho para nao acordar a Eliza, tirei a roupa, e me deitei ao lado dela, mas ainda estava na minha cabeça o que o marcelo tava fazendo, e novamento o tesao voltou, entao pensei, bem se ele comeu a minha cunhada que estava bebada e nem viu nada, vou dar uma comidinha da Eliza minha esposa, entao abracei ela por traz e passei a mao na bundinha dela e percebi que estava diferente entao corri a mao pela bucetinha, quando percebi que era peludinha, na hora tomei um puta susto, e levantei e assendi a luz, e era uma das meninas, e nao era a eliza, entao na hora me veio o pensamento , entao sai correndo, quando abro a porta do quarto onde o marcelo estava, e acendi a luz, vi o marcelo comendo a Eliza, e a minha cunhada estava no outro canto do quarto, como as duas eram parecidas e no escuro, ele pegou a Eliza, ele olhou pra mim e disse la loco apaga essa luz a Priscila (minha cunhada) vai acordar, eu disse que priscila, olha quem vc ta comendo, ele olhou e era a Eliza, eu nao sabia se brigava com ele, se saia correndo, entao nao demonstrei reação nenhuma, pois ele nao tinha culpa tb, ele amoleceu o pau na hora, e me pedia mil descupas, mas o pior estava por vir, na hora que acendi a luz, deu pra ver o estrago que ele havia feito na bucetinha dela, e detalhe ele estava comendo o cuzinho dela tb, pois ambos estavam arronbado, e detalhe o cuzinho dela era virgem, pois ela me disse uma vez que nunca havia feito sexo anal, pois nao curtia, e entao o que fazer, pedi que ele saisse e fosse para seu quarto e eu deitei ao lado de Eliza para durmir coisa que nao aconteceu, e ainda no outro dia a Eliza ficou brava comigo o dia todo, dizendo que eu aproveiter dela enquanto ela tava bebada e comi o cuzinho dela, se ela ja tinha dito que nunca iria dar. Com o tempo me acostumei com o que aconteceu, e hoje fantasio ela transando com outros homens e eu assistindo, ja até dei umas deixar sobre essa fantasia, mas ela diz nao querer nem saber disso. e até hoje ela pensa que naquela noite quem comeu ela foi eu, e nao o Marcelo, bem quando o marcelo ainda somos amigos, e numca mais tocamos no assunto até alguns dias atras quando regados a bebidas e um pouco alto, eu toquei no assusnto e conversamos abertamento sobre o ocorrido, e ele me disse que se arrependeu por ser a Eliza, mas que achou ela muito gostosa, entao eu pedi como ele conseguiu comer o cuzinho dela, e ela nao acordou, entao ele disse que ela acordou sim, poderem sá dizia vai devagar ta doendo, e foi o que ele fez, aí eu falei pra ele que ela era virgem do cu, e ele disse eu percebi, pois foi a primeira vez que comi um cuzinho como aquele.bom gente o que tenho para compartilhar com vcs, é isso, é a mais pura verdade, espero que tenham gostado, e quem quiser me escrever fique a vontade, quem sabe eu nao realizo minha fantasia de vela dando pra outro. somos de cascavel=pr, luiz_e_eliza@hotmail.com

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS